5 de junho de 2007

GtkSourceView 2.0, o que vem por aí

Há um tempo atrás eu escrevi sobre os novos recursos do GtkSourceView, componente usado em editores de código no gnome (Gedit, Scribes, Anjuta e etc). Confesso que com a chegada da versão atual do Gnome eu achei que o gtksourceview 2.0 seria incorporado, mas infelizmente isso não aconteceu.

Depois de muito esperar eu resolvi dar uma passada no canal #gedit da rede GIMPnet, canal onde você pode encontrar os desenvolvedores tanto do GktSourceView quanto do Gedit. Assim que eu entrei lá acabei descobrindo que tinham lançado a versão 1.9 do GtkSourceView, na qual o novo sistema de highlight estava funcionando e com ele além da possibilidade de termos sintaxe de ruby + html, por exemplo, também poderíamos usar temas, assim como no Vim e em muitos outros editores.

Ótimo! Os desenvolvedores estão se mexendo, contrariando um pouco minha teoria de que o GtkSourceView estava seguindo os passos do Gaim (Pidgin). Passos lentos.

Apenas as palavras do Changelog não iriam matar minha curiosidade, eu precisava ver isso funcionando, então eu baxei o GtkSourceView 1.9 pelo SVN e compilei tudo. O muntyan, um dos desenvolvedores do widget, foi bem atencioso e me ensinou algumas coisas que eu precisava para começar a mexer com os temas, inclusive me mandou um patch para consertar um problema com o cursor.

Depois de um pouco de conversa e de fuçar um bocado os arquivos resolvi criar um tema para a novo engine de highlight do GtkSourceView. A idéia é tentar fazer uma versão do tema Inkpot, originalmente criado para o Vim. O tema ainda está em desenvolvimento, mas vocês já podem ver um prévia de como ele será:

A boa notícia é que os desenvolvedores gostaram do tema e provavelmente ele será incorporado com a nova versão do GtkSourceView.

Fica o aviso para quem quiser contribuir, eles estão precisando de novos temas, tanto os darks quanto os de fundo branco.

3 comentários:

  1. Eu já escrevi dois arquivos de destaque de sintaxe, ou quase (uma ou duas regras com defeito), para o GtkSourceView. O GtkSourceView 1.0 é muito bom no geral, tanto que vários aplicativos o adotaram, mas realmente as opções de cores são limitadas e eram de difícil compreensão até que alguém escrevesse comentários adequados no DTD.

    Espero que, entre outras coisas, o GtkSourceView facilite a vida de quem escreve regras de destaque de sintaxe!

    ResponderExcluir
  2. Uia... tá saindo melhor que a encomenda..
    Parabéns ;)

    ResponderExcluir